Malta no estilo paz e amor

Magno MaltaO senador Magno Malta (PR), conhecido por sempre estar em lado oposto ao do ex-governador Paulo Hartung (PMDB), amenizou o tom das críticas ao peemedebista na discussão sobre a divisão dos royalties do petróleo. Ele também fez elogios ao governador Renato Casagrande (PSB), mostrando um novo perfil, no “estilo paz e amor”.

Em período de busca por alianças para a eleição municipal, a nova postura do senador sinaliza até mesmo abertura para o diálogo com outras legendas, inclusive aquelas ligadas a Hartung.

“Tive que ser justo e citar o trabalho do ex-governador e equipe, do ex-secretário José Teófilo e secretário Márcio Félix, que iniciaram o debate do pré-sal. Foi neste sentido verdadeiro que fiz a ressalva das boas iniciativas de Hartung. Como cristão, tenho que ser justo: dê a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus”, ressaltou.

Sobre a ameaça aos planos do PR em Vila Velha com a filiação do ex-prefeito Max Filho à prefeitura em 2012, o senador, que é presidente estadual da legenda, disse que o assunto está sendo tratado pelo seu correligionário, Neucimar Fraga, que busca a reeleição.

“Este assunto está sendo tratado pelo Neucimar. Ele sabe que tem o meu apoio. Gostei de ouvir do governador o pedido de prudência aos militantes do PSB”, explicou.

RACHA

Indagado sobre a possibilidade de o PR rachar com o governo e deixar o comando da Secretaria de Estado dos Esportes, Malta afirmou: “O partido não está na base de apoio do governo por cargo, por fisiologismo ou empregos”.

O senador ainda citou o período em que o governador Casagrande atuava no Senado e ambos lutaram contra a divisão dos royalties do petróleo.

“Este assunto (filiação de Max do PSB) está sendo tratado pelo Neucimar. Ele sabe que tem apoio”
Magno Malta (PR), senador

Fonte: A Gazeta
Luiz Fernando Brumana