Notícias
Entidades de classe pedem esclarecimentos ao governo mineiro

003

Ontem (04) no Clube do oficiais da Polícia Militar, as entidades de classe se reuniram e decidiram divulgar um manifesto em repúdio a nota do governo sobre o atraso do pagamento dos servidores públicos.

Após a reunião, representantes da ASCOBOM, ASPRA, AOPM, CUME, CSCS, COPM dirigiram-se a Cidade Administrativa para uma reunião com os comandos da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

O presidente da ASCOBOM, sargento Alexandre Rodrigues, alertou o governo: “Toda a classe policial militar está perplexa e exige respeito. As entidades de classe sempre estiveram abertas ao diálogo. Além de questionar o governo sobre o atraso de pagamentos dos servidores, iremos reivindicar também as perdas salariais que sofremos”.

O coronel Marco Antônio Bianchini, comandante da PMMG, disse que também foi surpreendido pela notícia, e em conversa com o governador Fernando Pimentel, este afirmou que o atraso se deve a forte crise financeira pela qual o estado passa. No entanto, o oficial também disse que de acordo com o governo, a situação normalizará com arrecadação do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

Hoje as entidades de classe se reunirão no CSCS (Clube Social de Cabos e Soldados) no bairro Gameleira, às 14:00hs.

 

001

00002

Comentar

* campos obrigatórios