Notícias
Governador Valadares – 5º COB apóia população com distribuição de água e outras ações

01a

O rompimento da barragem em Mariana, deixou reflexos também em Governador Valadares, no Vale do Rio Doce. Uma operação conjunta entre o 5º Comando Operacional de Bombeiros (5º COB) e outros órgãos de segurança e defesa tem garantido a distribuição de água potável à população da cidade. Estão sendo beneficiados mais de 280 mil moradores que tiveram o abastecimento de água suspenso para limpeza das bombas do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE).

Por dia, estão sendo distribuídos 550 mil litros de água mineral. Além da distribuição de água, as guarnições de Bombeiros também têm atuando na instalação de caixas d’água em 30 pontos estratégicos de Governador Valadares. Paralelamente a essa ação, equipes da 3ª Companhia de Bombeiros, em Ipatinga, participaram das buscas aos corpos de dois desaparecidos da cidade de São José do Goiabal a Ipatinga. Os militares percorreram um trecho de 82 Km, durante cinco dias mas os corpos não foram localizados. Equipes do 5º Pelotão, em Timóteo, também permaneceram, desde o início da tragédia, realizando o monitoramento do rio Doce.

Gerenciamento de Crise

Um Comitê de Gerenciamento de Crise foi montado, no dia 9, para gerenciar as ações relacionadas à operação. Uma força-tarefa que reúne Corpo de Bombeiros, Defesas Civis Estadual e Municipal, Exército, Polícia Civil, Ministério Público, órgãos de meio ambiente, Serviço Autônomo de Água e Esgoto e Prefeitura Municipal. De acordo com o comandante do 5º COB, Coronel Marinaldo Ferreira, está sendo utilizado o Sistema de Comando de Operações (SCO), para desenvolver o planejamento da operação. “ A correta utilização do SCO permite que pessoas de diferentes organizações se integrem rapidamente a uma estrutura de gerenciamento comum, facilitandoa integração das comunicações e os fluxos de informação”, explica.

Entenda o cenário

Com o rompimento da barragem de Fundão, em Bento Rodrigues, distrito de Mariana, rejeitos de minério atingiram o rio Doce. A bacia do rio tem uma área de drenagem de 87 mil Km2, sendo 86% localizada em Minas Gerais. O restante está no Espírito Santo. No total, 16 cidades que captam água do rio foram atingidas, deixando milhares de pessoas sem abastecimento de água.

 

CBMMG

Comentar

* campos obrigatórios