Notícias
Operação Bento Rodrigues – Resgate de animais de estimação ajuda a amenizar a dor

151020151520298670

O trabalho é árduo, intenso e dificultado pelas condições do local. Um “mar de mineiro”, bem diferente daquele com o qual nos acostumamos a ver nos litorais. O mar de Bento Rodrigues, distrito de Mariana, na região Central do Estado, é de muita lama, tristeza e dor depois do rompimento de duas barragens. Em meio a tanta tragédia, o resgate de animais, muitos de estimação feito pelo Corpo de Bombeiros acalenta a alma de quem perdeu quase tudo. Para esses profissionais, a vida se apresenta de diversas formas: homens, mulheres, crianças e animais. Não importa qual seja, o compromisso dos militares permanece o mesmo: salvar VIDAS!

Desde o início da ocorrência, as equipes de diversos batalhões de Ouro Preto e de Belo Horizonte trabalham no local. Além de moradores, vários animais, em sua maioria, cães, já foram resgatados da lama e encaminhados ao ginásio de Mariana. De lá, estão sendo encaminhados a associações protetoras de animais. Até agora já foram resgatados mais de 50 animais. Embora o número não seja preciso, neste momento o que se contabiliza é a ação coordenada dos profissionais responsáveis pelo resgate e também de voluntários.

01

O salvamento de animais em risco é uma das muitas ações executadas pelo Corpo de Bombeiros. Os “amigos certos nas horas incertas”, lema da corporação, recebem treinamento especializado, com técnicas específicas para a captura tanto de animais domésticos, quanto animais silvestres ou peçonhentos. Os números registrados em 2014, mostram que eles estão no caminho certo: os militares resgataram 3, 3 mil animais em risco em todo o Estado. Nos resgates de Bento Rodrigues, há também um ingrediente a mais: preservar a vida de animais de estimação dos moradores, dando-lhes um pouco de alento, depois de tantas perdas. Para todos os militares que participam das ações, o importante é concretizar o juramento que fizeram ao ingressarem na corporação: vidas e bens salvar.

Com informações Ass. Com. CBMMG

Comentar

* campos obrigatórios