Notícias
Corpo de Bombeiros faz alerta e prepara moradores para período chuvoso

Ainda estamos no período de seca, mas já são necessários os preparativos para o período chuvoso que vem aí. Por isso, o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) começou a incluir alertas e fazer treinamento da comunidade, como o oferecido no último fim de semana a 300 moradores que vivem em área de risco de Belo Horizonte.

O treinamento, ministrado pela Academia de Bombeiros Militar, no bairro Cruzeiro, capacitou lideres comunitários e voluntários de 80 locais de risco mapeados como prioritários pela prefeitura da capital. São moradores de locais de possível alagamento, de encostas e de muita aglomeração.

151020151520298670

Simulação

Com oficinas dinâmicas e simulação de situações reais, os bombeiros ensinaram técnicas de salvamento aquático, como o lançamento de cordas e o uso de garrafas pet como boias. Além disso, os moradores aprenderam a detectar risco de desabamento, monitorando as rachaduras e que subir  em cima do veículo e esperar  socorro é a melhor atitude em caso de enchente.

Aulas de conceito e prevenção em defesa civil, assim como de primeiros socorros também fizeram parte do treinamento. Os voluntários exercitaram técnicas para verificar a respiração, batimento cardíaco e como tratar as pessoas com paradas respiratórias e cardiorrespiratórias, principais sintomas do afogamento.

Ajuda ao próximo

A costureira Juventina Maria de Souza, voluntária do núcleo de defesa social da Vila Jardim do Vale, no Barreiro de Baixo, participou das oficinas. “As orientações  que recebemos servem para a gente mesmo e para ajudar ao próximo na hora da dificuldade”, afirma.

A costureira já vivenciou, em época de chuva, situações de deslizamento de terra, desabamento de barracos e alagamentos na região onde mora, tendo de acudir pessoas em risco. “No período chuvoso a gente tem de estar preparada”, ensina Juventina de Souza, que todo ano faz o treinamento dado pelo Corpo de Bombeiros.

Alerta

“Essa capacitação é muito importante, uma vez que  essas pessoas são o elo entre a comunidade as unidades da Defesa Civil municipal, estadual e o Corpo de Bombeiros”, afirma o comandante da Academia de Bombeiros Militar, tenente coronel Erlon Nascimento.

Ele destaca a necessidade de essas lideranças comunitárias estarem preparadas para dar os primeiros alertas e atendimentos iniciais, caso necessário, no período chuvoso.

O tenente coronel Erlon Nascimento salienta que o trabalho preventivo com a comunidade é essencial e faz um alerta. “No período chuvoso é sempre bom as pessoas ficarem atentas e, ao primeiro sinal de perigo, procurar os voluntários dos núcleos de Defesa Civil da comunidade e o ligar para o  Corpo de Bombeiros”.

Serviço/Telefones

Corpo de Bombeiros: 193

Assessoria de Comunicação com Agencia Minas

Comentar

* campos obrigatórios