Notícias
Dia Nacional do Bombeiro – Governador autoriza 530 vagas e corporação anuncia estratégias para estar mais perto da população

No Dia Nacional do Bombeiro, o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) tem bons motivos para comemorar. Durante a solenidade de entrega da Medalha da Ordem do Mérito Imperador Dom Pedro II, realizada nesta terça-feira (02/07), na Cidade Administrativa, a corporação lançou o seu Plano de Comando com medidas que vão promover a melhoria dos serviços e a prestação de um atendimento mais rápido e próximo da população. Ainda, durante evento, o governador Fernando Pimentel autorizou a abertura de concurso público para 530 novos bombeiros.

Foram homenageados com a Medalha Dom Pedro II, maior comenda da corporação, profissionais de diversos segmentos e bombeiros militares pela contribuição à corporação mineira. Dentre os agraciados, políticos, secretários de estado, profissionais da imprensa, bombeiros, policiais militares, integrantes das Forças Armadas e representantes de instituições públicas e privadas. O governador recebeu a comenda Bombeiro Honorário e em seu pronunciamento, Fernando Pimentel destacou os avanços registrados pela corporação e reafirmou o compromisso de levar o Corpo de Bombeiros a mais municípios. “Não existe corporação que mereça mais admiração e carinho por suas atividades e dedicação e essa missão é sempre retribuída por toda a população. Vamos trabalhar para a recuperação do serviço público em Minas Gerais, recuperando também a capacidade operacional do Corpo de Bombeiros”, disse.

O governador citou medidas já efetivadas para atingir esta meta como a implantação, nos seis primeiros meses de governo, de três Comandos Operacionais de Bombeiros (COB), nas cidades de Montes Claros, Governador Valadares e Juiz de Fora, além da inauguração de um Pelotão em Caratinga, no Vale do Rio Doce. Está prevista, ainda, inauguração de um COB em Poços de Caldas e um Pelotão em Leopoldina, na Zona da Mata, no dia próximo dia 17, e a elevação dos Pelotões nas cidades de Barbacena e Ipatinga. Fechando o seu pronunciamento, o governador anunciou a abertura de concurso para 530 bombeiros para atuar em todo o estado. “Nós vamos aumentar, imediatamente, claro que dentro do prazo do concurso e da formação da tropa, em torno de 8,5% a 9% do efetivo atual. Não é o suficiente ainda, nós queremos mais do que isso, mas é importante darmos o primeiro passo, e nós estamos dando agora”, afirmou. Hoje, o efetivo da corporação é de 6.280 bombeiros.

Para o comandante-geral do CBMMG, Coronel Luiz Henrique Gualberto Moreira, a dedicação e o empenho dos militares e da própria sociedade são elementos-chave para o funcionamento da corporação. “ A realidade do CBMMG, mais operacional e atendendo prontamente à população é o resultado de um trabalho, sério e responsável, de uma equipe de profissionais que sonham e buscam os melhores meios para a prestação de um serviço público de qualidade para o povo mineiro. Temos orgulho de ser bombeiros”, destaca.

Entre outras autoridades, participaram da cerimônia o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Adalclever Lopes, o comandante da 4ª região Militar, general de Divisão Mário Lúcio de Araújo, o comandante da Escola Preparatória de Cadetes do Ar, Brigadeiro Celestino Todesco, o comandante do Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica, Brigadeiro Robson Grandelle, o presidente do Tribunal de Justiça Militar, Coronel Sócrates Edgard dos Anjos, o presidente do Tribunal de Justiça, Pedro Carlos Bitencourt, o secretário de Estado de Defesa Social, Bernardo Santana, o comandante-geral da PMMG, coronel Marco Antônio Bianchini e o chefe da Polícia Civil, delegado Wanderson Gomes. A solenidade teve a participação da Bombeiro Instrumental Orquestra Show. A atuação dos músicos foi bastante elogiada pelo governador e chamou a atenção de quem estava na mesa de honra e na plateia.

Plano de Comando

Além da entrega das medalhas, a solenidade em comemoração ao Dia Nacional do Bombeiro marcou uma nova etapa na trajetória da corporação com o lançamento do seu Plano de Comando 2015/2016. O primeiro exemplar foi entregue ao governador.

O documento é composto por um planejamento estratégico, com metas previstas para serem obtidas a curto, médio e longo prazos, dentre elas, a aquisição de novos materiais e equipamentos para o atendimento às ocorrências e a presença do Corpo de Bombeiros em 124 municípios até o ano de 2026. O objetivo principal é proporcionar ao cidadão serviços com mais celeridade, presença, qualidade e transparência. Segundo o diretor de Assuntos Institucionais, coronel Edgard Estevo, o plano apresenta um programa principal de expansão do atendimento e cinco programas de apoio nas áreas de modernização tecnológica, estruturação do ensino, apoio à comunidade, valorização profissional, revitalização e reequipamento da corporação e está perfeitamente alinhado ao plano do governador de criação de 17 territórios de desenvolvimento no Estado, explicou. Os territórios integram o programa de fóruns regionais do governo mineiro.

Reconhecimento

Orgulho, sensação de dever cumprido e satisfação por fazer parte da história da corporação. Esses foram os sentimentos demonstrados pelos agraciados com a medalha Dom Pedro II, criada em 2002 e que homenageia militares e civis. Para o secretário de Estado de Defesa Social, Bernardo Santana, o Corpo de Bombeiros é referência para a população, daí a importância de ser homenageado. “É com muita satisfação que recebo esta homenagem da instituição mais reconhecida entre o povo de Minas e que junto com as outras instituições ajudam a manter o sistema de segurança em Minas Gerais. O Corpo de Bombeiros é o orgulho das cidades onde está e o sonho daquelas que ainda não têm unidade da corporação. Nossos bombeiros são um exemplo para todo o Brasil”, destaca. Para o agraciado Major Jonas Euflasino da Silva, do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Pernambuco, receber a Dom Pedro representa um fortalecimento dos laços de integração entre as duas corporações e um reconhecimento de um dos mais tradicionais Corpos de Bombeiros.

Bombeiro há 23 anos, o Sargento Juliano Figueiredo, da 2ª Companhia de Poços de Caldas, no Sul de Minas, a homenagem é uma motivação para continuar o trabalho. “Estou muito feliz pelo reconhecimento. Sou instrutor de mergulho e resgate, chefe da Ala Operacional e receber a Dom Pedro me faz querer continuar nesta profissão que escolho, uma decisão acertada”, finaliza.

alt altalt altalt alt

Fotos: Júlio Fotógrafo

Clique aqui e acesse a galeria de fotos

 

Fonte: BMMG

Comentar

* campos obrigatórios